Breve história

Numa época em que o desporto na região Norte era praticado somente por jovens ingleses residentes no Porto e que o remo era a modalidade de eleição, um grupo de portuenses decide organizar uma regata a 20 de Julho de 1875. No ano seguinte era realizada outra regata e, aí, surgiu a ideia de fundar uma colectividade desportiva dedicada às modalidades de Remo, Natação e Vela.
Surge assim o Clube Fluvial Portuense a 4 de Novembro de 1876, na Rua Cimo do Muro da Ribeira. Trata-se da colectividade mais antiga da cidade do Porto e da região Norte e a terceira mais antiga do país.
Na modalidade de remo, o CFP conta, neste momento, com 193 atletas: 110 atletas na competição, 25 veteranos, 48 no Remo Para Todos e 10 atletas no Remo Adaptado. Os nosso remadores são Campeões Nacionais de Clubes há 11 anos consecutivos. Na época de 2006/2007, o CFP conquistou 27 títulos de campeões nacionais em todos os escalões, sendo o clube com mais títulos nacionais. Os remadores fluvialistas (Nuno Coelho, Paulo Fernandes, Miguel Menezes, Paulo Quezado, Ricardo Malheiro, Hugo Silva, Samuel Aguiar e, o timoneiro, António Vaz) são desde a época 2010/2011 campeões nacionais na prova de Shell de 8 com Timoneiro, considerada a prova “rainha” desta modalidade.

Deslizar para o topo